National Geographic, a revista que conta histórias visuais

Por diandra, | Categoria: Fotografia

 

Com mais de 60 milhões de leitores ao redor do mundo, a NG é conhecida por suas fotografias emblemáticas. 

Considerada uma revista de referência no fotojornalismo, a revista National Geographic publicou diversas fotografias que marcaram a história da humanidade. Uma delas, registrada pelo fotógrafo Steve Curry, retratava a imagem de uma refugiada afegã de olhos verdes chamada Sharbat Gula. À fotografia se referiram como ” a beleza humana capaz de resistir até mesmo nas situações mais terríveis”. Além dessa icônica fotografia, muitas outras ocuparam a capa da revista, no total de 127 publicações. A maioria delas causou grande impacto, principalmente no quesito da nossa consciência global.

O editor-chefe da revista chegou a dizer para a imprensa que a fotografia é uma forma de auto expressão. ”Compartilhar o que você vê e experimenta através da câmera permite que você se conecte, mova e inspire pessoas ao redor do mundo” explica o editor Chris Johns.

Atualmente, a revista possui um alcance global de mais de 60 milhões de leitores por meio da revista, um canal de TV, site e recentemente a atuação nas mídias sociais tanto o Facebook, como o Instagram. Por meio das redes sociais, a revista também incentiva a prática da fotografia e compartilha em sua própria página, as imagens de fotógrafos especialistas, mas também de amadores e leitores que acompanham o trabalho da revista seja pelo meio online ou impresso.

Criada em 1888, a National Geographic é reconhecida mundialmente pela moldura amarela que envolve a sua capa. Contém reportagens e artigos sobre geografia, biologia, física, ciência nuclear, história, cultura, eventos atuais e fotografias. Possui publicação em mais de trinta e três idiomas, incluindo japonês, espanhol, hebreu, grego, italiano, francês, alemão, polaco, coreano, português, chinês, tcheco, romeno, russo e neerlandês.

 

O quarteto ilustre da National Geographic 

 

Apesar das publicações serem exclusivas de alguns fotógrafos, quatro profissionais da NG se destacam por algumas imagens. O primeiro citado no início deste texto, Steve McCurry, responsável pela imagem da menina afegã, é especialista em retratar pessoas. Além do Afeganistão, também fotografou pessoas na França, Tibet, Índia, Itália, entre outros países.

Outro fotógrafo é Michael Nichols. Nick, como é conhecido, retrata o mundo selvagem, os animais, a geografia, a terra e o pôr do sol. Trabalha principalmente no continente africano.

O terceiro fotógrafo é Michael Yamashita, especialista em imagens de várias civilizações antigas, bem como paisagens do oriente, principalmente nos países asiáticos. E por fim, mas não menos importante, o fotógrafo David Doubilet, o mais respeitado fotojornalista subaquático responsável pela imagens de predadores como o tubarão-branco, a orca e outros animais submersos. No próximo post, a TNB selecionou as melhores imagens dos fotógrafos da National Geographic, confira.