Matte Painting e a computação gráfica que não é feita no computador

Por Riven Melito, | Categoria: Cinema

Você já parou para pensar como os estúdios de Hollywood conseguiam gravar filmes espetaculares cheios de efeitos especiais (como eram chamados na época), como Indiana Jones e Star Wars, onde cenários imensos e cheios de gente andando para lá e para cá, sem o uso de computação gráfica e tela verde? Bem, não é fácil, mas uma empresa conseguia criar maravilhas, e ela se chama Industrial Light and Magic. O que eles faziam era criar tudo em Matte painting. Ein? O que é isso? Bem, vamos explicar:

Primeiro, é melhor deixar bem claro “o quê é a ILM”. A Industrial Light and Magic é simplesmente a produtora de efeitos especiais e computação gráfica para cinema número 1 do mundo. E foi criada por ninguém mais do que o senhor George Lucas, que precisava gerar as imagens que sua cabecinha louca queria para seus filmes. E como mais ninguém fazia isso na época, era preciso desenvolver as técnicas e ideias do zero, simplesmente isso. Hoje a ILM já não é mais do Seu Lucas, pois todo o seu patrimônio foi vendido para aquela empresa de fundo de quintal, a Disney. Mas isso é uma outra história que conversamos outro dia a respeito.

Neste momento o assunto é matte painting. Esta é uma técnica desenvolvida pela ILM (uma de muitas que falaremos em algum ponto) para conseguirem filmar cenas imensas em estúdio, sem precisar gastar milhões em cenário ou varrer o planeta procurando aquele exato ponto onde pode-se filmar uma cena apoteótica. Por exemplo, no filme “Caçadores da Arca Perdida”, bem no final do filme, aparece a cena em que um funcionário do governo carrega a caixa contendo a Arca da Aliança por um barracão gigante, entre um labirinto de caixas e corredores. Bem, imagine quanto custaria encontrar um barracão daquele tamanho e encher de caixas para filmar uma única cena que deve ter tipo, 30 segundos de duração.

É nesse momento que o Matte Painting entra em cena. Tudo o que precisamos é de um artista para fazer uma pintura hiperrealista da cena sobre uma placa de vidro, na exata posição em que esta foi gravada, com os buracos indicativos de onde a movimentação irá acontecer. Depois iremos projetar a filmagem no vidro, e gravar a cena toda de frente. Fácil, fácil. Só que não!

matte_painting_01

 

Percebe como o artista deixou um buraco na pintura? exato. Lá dentro será passada a filmagem com o carinha empurrando a caixa. E na frente do vidro com a pintura tem uma outra câmera que vai filmar a cena inteira. Olhe logo aqui embaixo como era a pintura. Louco, não? Levou só 3 meses para ser feita pelo artista Mike Pangrazio, gênio!

 

 

raiders-of-the-lost-ark-matte-painting

A imagem original, feita por Mike Pangrazio. Levou 3 meses para ser pintada.

 

Entenda um pouco mais sobre este processo com os videos abaixo. Confira também o que a wikipedia diz a respeito. E até a próxima!

 

 

Riven tem a arte como motivadora, a música como inspiração e o planejamento como instituição. Esta junção dos dois hemisférios do cérebro garantem uma abordagem diferenciada e eficiente na resolução de tarefas e problemas.