Getaway e o conceito de tiny living

Por Riven Melito, | Categoria: Design

Chegou o final de semana, e estamos cansados de toda essa correria, problemas, discussões e complicações da semana. Chega de notificações, facebook, twitter, e toda essa confusão diária. Queremos relaxar, desligar, curtir um pouco de natureza e tranquilidade, certo? Quer seja com os amigos em um churrasco na praia, com a família na chácara ou qualquer outra atividade. Nós buscamos sair deste dia-a-dia corrido, desta bagunça toda. Ir para o campo, a montanha, a praia, qualquer lugar.

Essa escapada sempre foi necessária, algo que a humanidade faz a séculos já, desde que saiu das matas para ir morar na cidade, e ansiar por voltar às matas. Nós apenas podemos fazer isso com um pouco mais de design nos dias de hoje. Esta é uma das propostas da Getaway, startup americana radicada em Boston que trouxe uma proposta um pouco diferente: acampar com propósito.

A proposta da Getaway se baseia e apenas um movimento. Tiny Living (ou vivendo pequeno, se esta for uma boa tradução). Este é um movimento que busca mostrar às pessoas que não precisamos viver em grandes casas e apartamentos mais, e que todas as nossas necessidades podem ser atendidas sem precisar de amplos espaços. É uma boa proposta, considerando como o mundo anda abarrotado. Tiny Living vem de encontro com necessidades contemporâneas, que exigem menores espaços, custos reduzidos de moradia e manutenção, menos traquitanas pra nos incomodar, moradia sustentável e de baixo impacto ambiental e um estilo de vida mais saudável, desapegado de tantas posses e tranqueiras.

Por isto Getaway foi desenvolvida. Um grupo de 9 designers campistas que deicidiu criar suas próprias casinhas de madeira e alugar para as pessoas da região de Boston, e hoje já atingem Nova Iorque com seu tiny living. Eles mesmos montaram as mini casas, em parceria com o Millenial Housing Lab e o Harvard Innovation Lab, e as alugam por US$99,00 por noite, mais os mantimentos que os clientes desejarem. E o processo é bem interessante, pois se você decidir passar alguns dias usando Getaway eles se encarregam de tudo: Deixam a casa preparada para você, com lenha cortada, aquecedores abastecidos e geladeira cheia, da forma que preferir. Algumas horas antes do início da diária, o cliente recebe uma mensagem com as coordenadas e gps marcado para chegar facilmente, e a localização das mini-casas fica sempre a menos de 2 horas da cidade. É uma boa iniciativa.

Será que você conseguiria morar em uma mini-casa? Não só nos finais de semana, mas todos os dias? Dê sua opinião nos comentários, e conheça mais sobre o projeto em Getaway.house.

getaway-house_01 getaway-house_02 getaway-house_03 getaway-house_05 getaway-house_06

Riven tem a arte como motivadora, a música como inspiração e o planejamento como instituição. Esta junção dos dois hemisférios do cérebro garantem uma abordagem diferenciada e eficiente na resolução de tarefas e problemas.