Edisonades

Por Andrei W. Müller, | Categoria: Literatura

Lá pelos fins do século XIX e início do século XX havia um grande maravilhamento com as recentes tecnologias, especialmente a máquina à vapor. Nomes como Benjamim Franklin, Graham Bell, Nikola Tesla e principalmente, Thomas Edison, os grandes inventores, eram reverenciados. Nessa época de “muita tecnologia” e muita imaginação, surge um novo estilo de novela, que hoje se classificaria como ficção científica. Essas novelas eram baratinhas e se destinavam aos jovens. O termo americano para elas é “Edisonades”.

As tramas eram simples: algum jovem herói/inventor que projeta algum tipo de transporte (geralmente bem excêntricos e com funções inusitadas) em que ele utiliza essa criação para ir pra terras distantes e enfrentar inimigos dos Estados Unidos e salvar a América. Muito provavelmente aqui é o início do que depois viriam a ser as histórias de super-heróis.
O primeiro desses livros é o The Steam Man of the Prairies (O Homem à Vapor das Pradarias) do Edward S. Ellis. Os mais famosos contudo são uma série de livros que tem como protagonista o jovem Frank Reade.
O legal de disso tudo são as ilustrações e a criatividade da época. Um estilo bem característico e uma boa inspiração.

  • Albana Luna Balestra

    Olha, aprendi um termo novo, mas NADA JUSTIFICA ACHAR O EDISON MAIS IMPORTANTE QUE O TESLA!!!! Rs, só te provocando, vim conferir a nova agência. 🙂